quinta-feira, 30 de outubro de 2014

A vida não pára...



A vida não pára, e nem eu não paro de pensar em ti. Mas porque?? Pergunto-me, sem nunca ter resposta. Porque é que têm que ser assim, porque é que o amor tem de passar todas estas fases, dar tempo ao tempo se o tempo não pára. Maldito relógio que me roubas a vida, e mesmo assim ainda te carrego no pulso. Para que um dia marques tua hora, de eu ser feliz, para que teu amor um dia marques uma hora, e eu não chegue atrasado, e volte a ser tempo, o teu tempo, o teu lado, do teu lado e mais feliz.

António Ferreira

quarta-feira, 29 de outubro de 2014